BETO FREITAS
Às vésperas do Dia da Consciência Negra de 2020, João Alberto Silveira Feiras, um homem negro de quarenta anos, foi brutalmente espancado e morto por seguranças nas dependências de uma loja da rede de supermercados Carrefour, em Porto Alegre, diante de câmeras celulares, de clientes e de sua companheira. Este crime de motivação racista não pode ficar impune! Exigimos a responsabilização do Carrefour, do Grupo Vector e do Estado brasileiro pela morte de Beto Freitas. Queremos justiça e reparação a sua família.

Siga nossa playlist no Spotify em homenagem a Beto:

Abra a playlist no Spotify

AÇÕES
Conheça o manifesto da Campanha, publicado no jornal Zero Hora de Porto Alegre em 19/12/2020.




Na mídia:
Minha Fé é Antirracista - Em defesa de de Todas as Vidas Negras:

Ato inter-religioso e ecumênico marca um mês do brutal assassinato de Beto Freitas; evento é realizado por organizações do movimento negro, religiosas e de direitos humanos:


Nas redes sociais:
Em janeiro de 2021, a campanha tomou as redes sociais. Artistas e personalidades como Luedji Luna, Paola Carosela, Átila Roque, Babi Querino, Fabíula Nascimento, Marcelo Adnet e Carla Lemos se juntaram ao movimento de combate ao racismo, cobrando justiça para Beto Freitas:




PARTICIPE
Acompanhe nossas mobilizações e saiba como participar. Deixe seus contatos no formulário ao lado e fique sabendo em primeira mão das próximas ações da campanha Minha Fé é Antirracista!

Nas redes sociais
Sua fé também é antirracista? Baixe o filtro da Campanha no Instagram:

Use o filtro da campanha no Instagram


Mobilize-se

Al ingresar sus datos, acepta que sus datos se compartan con los organizadores de esta página y acepta recibir correos electrónicos actualizados, como se describe en la política de privacidad. Puede optar por no recibir estos correos electrónicos en cualquier momento.

pessoas se juntaram a este movimento

QUEM SOMOS
No dia 20 de dezembro de 2020, entidades do movimento negro, religiosas e de direitos humanos se juntaram para organizar um ato inter-religioso e ecumênico para lembrar o primeiro mês do brutal assassinato de Beto Freitas. O movimento ficou conhecido como “Minha Fé é Antirracista – em Defesa de Todas as Vidas Negras” e marcou o início de uma mobilização permanente contra o genocídio da população negra. Ao reunir entidades religiosas de diferentes credos e organizações de direitos humanos de todo o Brasil, convocamos fieis e cidadãos a manifestar sua posição contra o racismo, que divide profundamente a sociedade brasileira.



Compõem esse movimento as seguintes entidades: